Recall

Meus passos reverberam no chão de pedra. Poeira vermelha ergue-se morosa conforme caminho. Anoiteceu a pouco. Chego, junto com a noite, à velha cidade, minha progenitora. Ruas raquíticas e silenciosas, distribuídas de maneira randômica por toda a planície. Casebres e construções metálicas misturadas, parasitando umas às outras contra a vontade do homem, levadas por uma onda de crescimento e necessidade

Leia mais

Punição

Cena 1: Ressurreição   Da infinita profundidade do abismo, sob a eterna noite do esquecimento e envolto no gélido manto do silêncio, emerge o condenado no Inferno. Tic! Tac! Tic! Tac! Tic! Faz o antigo relógio à parede, logo acima da lareira. Trata-se de uma aconchegante sala, perfumada pelo odor das coisas antigas e luxuosas. Ainda levemente aturdido pela confusão

Leia mais