Recall

Meus passos reverberam no cascalho fino. Poeira vermelha ergue-se morosa conforme caminho. Anoiteceu a pouco. A velha cidade, o berço da minha existência. As mesmas ruas ressequidas e silenciosas, distribuídas de maneira randômica por toda a planície erodida. Casebres e construções metálicas misturadas, parasitando umas às outras contra a vontade do homem, levadas por uma Leia mais… »

CONVERSAÇÕES FÚTEIS

“Decifra-me ou te devoro” I   Ao longe, em meio à névoa, um vulto aproxima-se. Gritos: S.: -Quem vem lá? Vulto: -Ninguém mais que um amigo. S.: -Amigo? Então diga-me, por favor: onde estamos? Vulto: -E não sabes? Olha em volta de si. Estamos em um daqueles lugares de pesadelo. Escondido em meio a um Leia mais… »

The Novel of the Black Seal

Autor: Arthur Machen Ano: 1895 Prologue ‘I see you are a determined rationalist,’ said the lady. ‘Did you not hear me say that I have had experiences even more terrible? I too was once a sceptic, but after what I have known I can no longer affect to doubt.’ ‘Madam,’ replied Mr. Phillipps, ‘no one Leia mais… »